10/2011 - Crematorium.eu News about crematoria in Europe - www.crematorium.eu informs about crematoria in Europe- Krematorium.eu- crematorio.eu, find a crematorium

Search
Go to content

Main menu:

Portugueses recorrem cada vez mais aos 16 crematórios existentes

Published by in Portuguese / português ·
Tags: Portuguesescrematóriosexistentes

A cremação é, cada vez mais, uma opção dos portugueses em caso de morte. Este facto tem propiciado o aparecimento de novos projectos de crematórios que nos próximos anos se deverão juntar aos 16 já em funcionamento.

Em declarações à Lusa, o presidente da Associação Nacional de Empresas Lutuosas, Nuno Monteiro, disse que “no decorrer de 2012 e 2013 haverá, pelo menos, mais uns quatro ou cinco fornos crematórios disponíveis”.

Actualmente estão a funcionar 14 crematórios em Portugal Continental, sendo o de Elvas aquele que está mais afastado do litoral. Há também um na Madeira e outro nos Açores.

Segundo Nuno Monteiro, em Portugal, em 2010, houve cerca de 110 mil óbitos, sendo que “a taxa de cremação nacional rondou os seis por cento”.

O crescimento do número de cremações está a ser “bastante acelerado” e, com o ano de 2011 por concluir, o responsável avançou que essa percentagem já subiu para os oito por cento.

“Só em Lisboa, 68 por cento dos funerais são para cremação”, referiu, explicando que, no entanto, há cremações relativas a óbitos ocorridos fora desta região.

A explicação para esta alteração de hábitos dos portugueses, “inclusive dos católicos praticantes”, prende-se, na opinião de Nuno Monteiro, com a mudança de mentalidades e também com questões monetárias.

O valor médio nacional de um enterro é de 1500 euros, sensivelmente o mesmo do das cremações.

No entanto, o responsável lembrou que no enterro acresce a compra do terreno no cemitério. Ou então, no caso de sepulturas temporárias, poucos anos depois tem “de se fazer a exumação e optar pela cremação ou pela colocação dos restos mortais em jazigos ou ossários”, uma despesa que poderá situar-se “entre os 500 e os 1500 euros”.

Por outro lado, as famílias hoje não têm “disponibilidade de tempo” para continuar a cumprir rituais como colocar flores nas campas, acrescentou.

Na Área Metropolitana de Lisboa, existem crematórios em Rio de Mouro, Póvoa de Santa Iria, Camarate, Alto de São João, Olivais, Almada e Sesimbra.

No Porto, o crematório do cemitério do Prado do Repouso quase triplicou a sua actividade nos últimos sete anos. Entre 2003 e Agosto de 2011 a média mensal de cremações foi de 65.

Desde 2009 existe na região Norte, em Matosinhos, outro crematório, que está integrado no tanatório do concelho (o primeiro municipal) e que no último ano e meio recebeu cerca de 601 cremações e 36 ossadas.

No Alentejo também há dois crematórios, em Elvas e Ferreira do Alentejo.

O Complexo Funerário de Elvas, no distrito de Portalegre, abriu em abril de 2008 e foi o primeiro do país com gestão privada. Até este momento foram realizadas 665 cremações e, todos os anos, a actividade tem crescido.

Em Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, o crematório gerido pelo município está a funcionar desde março de 2001, tendo já efectuado 2837 cremações (2325 de cadáveres e 512 de ossadas).

Na Madeira, o crematório está situado na ilha do Porto Santo. Em dois anos de funcionamento, foi utilizado por cerca de 40 pessoas, o que corresponde às expectativas da autarquia, que aí investiu 700 mil euros.

Na Região Centro, só existe um crematório, na Figueira da Foz, distrito de Coimbra, mas, muito em breve, este cenário deverá mudar.

Isto porque, no distrito de Viseu, devem arrancar no início do próximo ano as obras de construção do crematório de Mangualde, um investimento privado de meio milhão de euros.

Por outro lado, a menos de duas dezenas de quilómetros, a câmara de Viseu já adjudicou a construção de um crematório que ficará situado no cemitério novo de Santiago.

O município de S. Pedro do Sul também está atento a este assunto e, por isso, quando construiu o novo cemitério deixou a pré-instalação feita para um forno crematório.

Em Leiria, está neste momento a ser preparado o caderno de encargos para o concurso que contempla a concepção, construção e exploração de um forno crematório junto ao cemitério, que servirá oito concelhos.




Krematorium Kising: Wasserdampf – oder doch viel mehr?

Published by in German / Deutsch ·
Tags: KrematoriumKissingAbgasWasserdampf
In der Rauchgalerie der BI „Kissinger sagen Nein“ finden sich morgendliche Bilder. Die Daten dazu aus der Anlagensteuerung und dem Emissionsrechner. Kissing Gestern, 8 Uhr morgens, 3,5° C Außentemperatur, sich auflösender Nebel. Zeitpunkt und Kühle sind vergleichbar einem Foto vom Dienstag, 18. Oktober in der „Rauchgalerie“ der Bürgerinitiative „Kissinger sagen Nein“ zum Krematorium. Ist das Rauch, der da dem Schornstein der Anlage im Kissinger Norden entsteigt? Betreiber Rainer Haupt ist gerne bereit, den vollständigen Ablauf einer Einäscherung begleiten zu lassen und alle Daten und Kurven an den beiden Rechnern verfolgen zu lassen.

Aalst: De lijdensweg van een crematorium

Published by in Dutch / Nederlands ·
Tags: Aalstlijdenswegcrematorium
“Eén lange lijdensweg”, zo klinkt gemeenteraadslid Sam Van de Putte over het Aalsters Crematorium. Na bijna 20 jaar is er nog steeds geen oplossing. “In Sint-Niklaas was het dossier en de bouw van het crematorium rond in minder dan 4 jaar. Ook in Kortrijk en Leuven verliep alles veel vlotter. Aalst had al lang voor deze steden een crematorium kunnen hebben.”

Simoncelli wurde am Freitag eingeäschert

Published by in German / Deutsch ·
Tags: SimoncelliwurdeFreitageingeäschertKrematoriumCoriano
Die Leiche des am Sonntag in Sepang verunglückten MotoGP-Piloten wurde am Freitag nahe seines Heimatortes Coriano eingeäschert und die Urne seiner Familie übergeben. Die Asche des 24-Jährigen Gresini-Honda-Piloten wurde am Freitagnachmittag von Simoncellis Mutter Rossella, Vater Paolo, Schwester Martina und seiner Freundin Kate in Empfang genommen. Mit dabei war auch "Sics" Manager Carlo Pernat.

Los vecinos de Torrecárdenas conocerán el 'nuevo' crematorio

Published by in Spanish / Español ·
Tags: vecinosTorrecárdenasconoceránnuevocrematorio
CCOO se posiciona en contra de las instalaciones y dice que "serán foco de contaminación" El concejal de Salud y Consumo del Ayuntamiento de Almería, Carlos Sánchez, anunció ayer que la próxima semana se reunirá con los vecinos del barrio de Torrecárdenas para explicarles el proyecto del tanatorio-crematorio que se está construyendo en el cementerio de San José, así como las garantías de calidad que ofrece, tal y como avala la Junta de Andalucía a través de informes de la Consejería de Salud y de Medio Ambiente.

La actividad del crematorio de Teruel "supera las previsiones" del Ayuntamiento

Published by in Spanish / Español ·
Tags: crematorioTeruelsuperalasprevisionesAyuntamiento
El Ayuntamiento de Teruel ha reconocido que las incineraciones que se han realizado en el nuevo crematorio de Teruel, en marcha desde el pasado mes de febrero, han "superado las previsiones" que tenía el consistorio. Además, el equipo de gobierno del PP ha asegurado que "se ha demostrado como acertada" la medida de recuperar los enterramientos en fin de semana, un servicio que cesó durante algunos meses el año pasado por la falta de personal y ante la imposibilidad de asumir el pago de las horas extras.

Addio Sic. L’urna in cucina e Simoncelli resta in famiglia

Published by in Italian / Italiano ·
Tags: MarcoSimoncellirestainfamigliaCrematorio
Marco Simoncelli è tornato per sempre a casa poco dopo mezzogiorno. Lo ha fatto assieme alla sua famiglia, come tante altre volte, questa volta dal crematorio di Cesena. «Eccolo, è lì» indica con un sorriso mamma Rossella. Le ceneri, raccolte in un’urna ancora tiepida color crema, con inserti a rombo, sono state sistemate sulla mensola che separa la cucina — dove Girlis, la mamma di Kate, sta preparando una pastasciutta — dal tavolo da pranzo. «Poi chiederemo ad Aldo Drudi (il decoratore dei caschi di Marco; n.d.r.) di personalizzarla», continua serena Rossella.

Haringey signs cemeteries deal

Published by in English ·
Tags: HaringeysignscemeteriesdealcrematoriumEnfield
Haringey LBC has transfered the management of its cemeteries and crematoria to Dignity. Under the 50-year contract, the council’s two cemeteries and its crematorium will be upgraded in line with modern carbon-emission rules. Haringey’s current cemeteries and crematorium produce a small annual income for the authority, but the sites are in need of significant modernisation. The crematorium at Enfield, for example, will receive a £2m upgrade as part of the deal, while current staff at Haringey will transfer to Dignity.

Memorial artwork for lost children at Poole crematorium

Published by in English ·
Tags: MemorialartworklostchildrenPoolecrematorium
A POOLE resident has funded a memorial artwork at the town’s crematorium, commemorating lost children. Charles Dook donated £20,000 for the piece but died last year before getting the chance to see the results of his generous gift. However his niece Alison Hewitt and her partner Wim Hogeveen came over from Canada to attend the official opening at Poole Crematorium.

Perth: Crematorium and graveyard cutbacks

Published by in English ·
Tags: Perthcrematoriumgraveyardcutbacks
FUNERAL directors have welcomed news that Perth Crematorium is to stay in council hands. But they slated the local authority for service cutbacks which will impact on grieving families. Brothers Andrew and Billy Pennycook, partners in James McEwan and Son, the city’s longest-established funeral directors, reacted with dismay to Perth and Kinross Council cuts which kick in on Tuesday.
Next
Add to Google
crematorium.eu on Facebook
Back to content | Back to main menu